OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Apresentação > 
Apresentação


O Observatório das Desigualdades é uma estrutura independente constituída no quadro do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do Instituto Universitário de Lisboa (CIES-IUL), que é a instituição responsável pelo seu funcionamento e coordenação científica, tendo por instituições parceiras o Instituto de Sociologia da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (ISFLUP) e o Centro de Estudos Sociais da Universidade dos Açores (CES-UA).

As atividades do Observatório são realizadas por um conjunto alargado de investigadores que colaboram, em regime de voluntariado, com a sua equipa permanente. Foi apoiado em 2008, na fase de instalação, pela Presidência do Conselho de Ministros, pelo Ministério do Trabalho e da Solidariedade Social e pelo Ministério da Educação. Desde então tem sido suportado integralmente pelo CIES-IUL.

O Observatório foca as suas atividades no tema das desigualdades sociais. Para além de promover o conhecimento científico nesta área, o Observatório assume como missão a disponibilização pública de informação rigorosa e atualizada sobre o tema, numa perspetiva de cidadania e de contribuição para a fundamentação e avaliação das políticas públicas. Constitui-se, deste modo, como um instrumento de investigação e divulgação científica.

As desigualdades sociais são multidimensionais e raramente se cingem a um único fator. É possível identificar desigualdades em vários âmbitos: face ao emprego, de rendimentos, escolares, de qualificações e competências, de género, étnico-raciais, etárias, de saúde, entre outras. Esta multidimensionalidade das desigualdades representa um dos traços mais marcantes das sociedades contemporâneas.

A sociedade portuguesa não foge a este quadro geral. Os progressos indiscutíveis verificados, a múltiplos níveis, nas últimas décadas, não impediram a persistência de formas tradicionais de desigualdade, enquanto outras surgiram ou tornaram-se mais visíveis e intoleráveis no curso do trajeto de desenvolvimento e modernização do país. A situação de crise atual tem vindo a acentuar as desigualdades sociais em diversos domínios.

O Observatório pretende, assim, estudar as desigualdades a partir de diferentes dimensões e níveis de análise, recorrendo nomeadamente, para o efeito, à comparação internacional de indicadores estatísticos e a um conjunto alargado de estudos e pesquisas, em permanente atualização. É membro fundador da rede europeia Inequality Watch, na qual participam observatórios análogos e outras instituições de diversos países.

Este website foi concebido como uma plataforma de informação diversificada sobre a problemática das desigualdades sociais. É um portal onde se pode aceder a diferentes registos de informação: sistema de indicadores, estudos e projetos, base de dados estatísticos, base bibliográfica, recensões de publicações, notícias e entrevistas, ligações a outros websites.
  Equipa
  Contactos