OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Indicadores >  Glossário de Indicadores  >  Rendimento e Pobreza  > 
Indicadores


Rendimento

INE: Soma do rendimento monetário com o rendimento não monetário (rendimento total).

Link para glossário do INE 

Indicadores Associados:

Rendimento Monetário Líquido:

INE: Rendimento monetário obtido pelos agregados e por cada um dos seus membros, proveniente do trabalho (trabalho por conta de outrem e por conta própria), de outros rendimentos privados (rendimentos de capital, propriedade e transferências privadas), das pensões e outras transferências sociais, após dedução dos impostos devidos e das contribuições para a segurança social.

Link para glossário do INE 

Rendimento Não-Monetário:

INE: Rendimento obtido pelos agregados através de auto-consumo (bens alimentares e outros de produção própria), auto-abastecimento (bens ou serviços obtidos sem pagamento em estabelecimento explorado pelo agregado), auto-locação (auto-avaliação do valor hipotético de renda de casa pelos agregados proprietários ou usufrutuários de alojamento gratuito), recebimentos em géneros e salários em espécie.

Link para glossário do INE 

Rendimento disponível:

INSEE: o rendimento disponível de um agregado inclui os rendimentos salariais, de património, as transferências provenientes de outros agregados e as prestações sociais (incluindo as pensões de reforma e as indemnizações por desemprego), após as deduções de impostos directos. 4 impostos directos são geralmente tidos em conta: imposto sobre o rendimento, taxa de habitação e contribuições sociais gerais e contribuição para a redução da dívida social ("contribution à la réduction de la dette sociale").

Link para glossário do INSEE

Rendimento disponível:

EUROSTAT: rendimento anual total de um agregado, proveniente de todas as fontes: salários, rendimentos de empregados por conta própria, rendimentos sobre patrimónios, transferências públicas e privadas e outras fontes de rendimentos, após deduções de impostos, taxas e contribuições para a segurança social. O rendimento total disponível é, depois, ajustado tendo em conta o número de pessoas pertencentes a cada agregado.

Link para glossário do EUROSTAT

Rendimento per capita do agregado familiar:

INE: é igual ao rendimento mensal líquido do agregado familiar ao qual é subtraído o valor mensal da renda da casa ou o valor médio mensal dos juros pagos relativos a empréstimos de instituições bancárias concedidos para a aquisição de habitação própria, dividido pelo número de elementos do agregado familiar.

Link para glossário do INE

Rendimento por adulto equivalente:

INE: resultado obtido pela divisão do rendimento líquido de cada família pela sua dimensão em número de adultos equivalentes e o seu valor atribuído a cada membro da família. É utilizada a escala de equivalência modificada da OCDE, a qual “atribui um peso de 1 ao primeiro adulto de um agregado; 0,5 aos restantes adultos e 0,3 a cada criança, dentro do agregado". A utilização desta escala permite ter em conta as diferenças na dimensão e composição do agregado.

  Glossário de Indicadores