OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Indicadores >  Mercado de Trabalho  > 
Indicadores


Custos laborais e escolaridade nos países da OCDE
Portugal apresenta um dos mais baixos custos laborais dos países da Organização. Os dados apresentados são referentes à população com idade entre 25-64 anos.


Os custos laborais nos países da OCDE são fortemente influenciados pelo nível de escolaridade dos trabalhadores. O valor médio anual deste indicador para o conjunto de países da Organização é de de 37,904 dólares americanos (USD) para os trabalhadores que não foram além do ensino básico, 46,336 USD no caso dos que completaram no máximo o ensino secundário ou pós secundário (não superior) e 67,643 USD no grupo dos trabalhadores com escolaridade de nível superior. Estes custos, que incluem os pagamentos das entidades patronais à segurança social, são bastante mais baixos em Portugal face aos resultados médios descritos: 15,697 USD, 22,953 USD e 39,210 USD, respectivamente.

No que diz respeito aos custos laborais dos trabalhadores com níveis baixos e intermédios de escolaridade, Portugal é o sexto país entre os que são analisados no Quadro 1 que apresenta para este indicador valores mais baixos – atrás da R. Checa, R. Eslovaca, Hungria, Estónia e Polónia. Relativamente ao custo laboral dos trabalhadores com qualificação escolar de nível superior, Portugal é o país que regista o quinto valor mais baixo (a R. Checa apresenta custos superiores).



Independentemente do nível escolar, os custos laborais dos trabalhadores do sexo masculino são superiores aos das mulheres em todos os países analisados no Quadro 1. Em Portugal, o custo laboral anual de um trabalhador do sexo masculino com o ensino básico, intermédio e superior é de, respectivamente, 17,504 USD, 26,730 USD e 47,152 USD; entre as mulheres estes valores ficam-se pelos 12,978 USD, 19,028 USD e 32,434 USD.

Não há informação disponível para o Chile, Japão, México, Suíça e Turquia. Os custos laborais anuais foram calculados tendo em conta as taxas de câmbio face ao dólar.  

  Glossário de Indicadores