OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Indicadores >  Glossário de Indicadores  >  Família  > 
Indicadores


Agregado Familiar

INE: Considera-se, na generalidade, como agregado familiar o grupo de indivíduos, vinculados por relações jurídicas familiares, que vivem em comunhão de mesa e habitação e em economia familiar.

Link para glossário do INE

OCDE (Household): Pequeno grupo de pessoas que partilham a mesma habitação, que obtêm os seus rendimentos e que consomem certos tipos de bens e serviços de forma colectiva, principalmente habitação e alimentação. Um agregado pode estar localizado numa unidade de habitação, ou noutras formas de alojamento, tais como hotéis, parques de campismo, residenciais, podendo também ser sem-abrigo.

Link para glossário da OCDE

EUROSTAT (Household): residência partilhada e acções comuns envolvendo seja uma pessoa que vive sozinha ou um grupo de indivíduos, não necessariamente ligados por laços familiares, que vivem na mesma morada, partilhando uma refeição na maioria dos dias ou partilhando uma sala de estar ou quarto. Nem todos os países aderem estritamente a esta definição - indivíduos temporariamente institucionalizados (seja em instituições de saúde, escolas com regime de internato ou a cumprir serviço militar), ausentes por motivos de trabalho ou de viagem são integrados nos agregados em todos os países. Contudo, na Dinamarca, indivíduos em instituições de saúde não fazem parte de um agregado.

Link para glossário do EUROSTAT 

INSEE (Ménage) : De forma geral, um agregado familiar, no sentido estatístico do termo, designa o conjunto de ocupantes de uma mesma habitação sem que esses indivíduos sejam necessariamente unidos por laços de parentesco (em caso de coabitação, por exemplo). Um agregado pode ser constituído por uma só pessoa. A partir de 2005, a definição de agregado, no âmbito dos inquéritos realizados pelo INSEE, foi ligeiramente modificada. É considerado um agregado o conjunto de pessoas (ligadas por laços de parentesco ou não) que partilham de forma regular uma mesma habitação (onde os indivíduos têm o hábito de viver, quer esta seja ou não a sua residência principal) e que têm um orçamento em comum, ou seja : obtêm recursos que são empregados nas despesas feitas em função da vida quotidiana do agregado e que beneficiam dos bens / serviços que originam essas despesas.

Link para glossário do INSEE 

Indicadores Associados:

Núcleo Familiar:

INE: Conjunto de pessoas dentro de uma família clássica, entre as quais existe um dos seguintes tipos de relação: casal com ou sem filho(s) não casado(s), pai ou mãe com filho(s) não casado(s), avós com neto(s) não casado(s) e avô(ó) com neto(s) não casado(s).

Link para glossário do INE

Agregado Doméstico Privado:

INE: Conjunto de pessoas que residem no mesmo alojamento e cujas despesas fundamentais ou básicas (alimentação, alojamento) são suportadas conjuntamente, independentemente da existência ou não de laços de parentesco; ou a pessoa que ocupa integralmente um alojamento ou que, partilhando-o com outros, não satisfaz a condição anterior. Os hóspedes com pensão alimentar, os casais residindo com os pais e os filhos/hóspedes, bem como outras pessoas, são incluídos no agregado doméstico privado, desde que as despesas fundamentais ou básicas (alimentação, alojamento) sejam, habitualmente, suportadas por um orçamento comum. São ainda considerados como pertencentes ao agregado doméstico privado o(a)s empregados domésticos que coabitem no alojamento.

Link para glossário do INE

Indivíduo temporariamente ausente:

INE: Indivíduo que, sendo um membro do agregado (e consequentemente participando no orçamento comum, quer pelas suas receitas quer pelas suas despesas) se encontra ausente do alojamento na semana da entrevista (por motivos de férias, trabalho, educação, prisão, hospitalização, serviço militar obrigatório, entre outros).

Link para glossário do INE

Agregado colectivo:

EUROSTAT (Collective Household): habitação / alojamento colectivo, por exemplo um dormitório num estabelecimento educativo ou outros alojamentos partilhados por mais de 5 pessoas, não existindo, contundo, a partilha de despesas do agregado.

Link para glossário do EUROSTAT 

  Glossário de Indicadores