OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Notícias e Entrevistas > 
Notícias e Entrevistas


publicado em:  6 Fevereiro 2012
Mais de 1,2 milhões de idosos em Portugal vivem sós ou com outros idosos

Em 2011 quase 800 mil alojamentos eram ocupados exclusivamente por idosos.

Entre os 2,023 milhões de pessoas com 65 anos ou mais residentes em Portugal no ano de 2011, 400 964 viviam sós e 804 577 na companhia exclusiva de outras pessoas também pertencentes ao mesmo grupo etário. O número de idosos que se encontravam numa destas duas situações passou de 942 594 em 2001 para 1 205 541, um aumento de cerca de 28%. Isto significa que em 2011 60% da população idosa vivia só ou na companhia exclusiva de outros idosos.

Lisboa é a região NUTS II onde a percentagem de idosos a viverem sós é mais elevada (22,3%), enquanto o Alentejo regista o resultado mais expressivo no que concerne à percentagem de idosos a viverem na companhia exclusiva de outros idosos.



A Região Autónoma da Madeira é destacadamente a unidade geográfica (NUTS II) na qual se verificou um aumento relativo mais expressivo da percentagem da população com 65 ou mais anos a viver só: aumento de 48,7%. A região Norte, por seu lado, é a que apresenta uma variação mais elevada da percentagem de idosos que vivem sós ou na companhia exclusiva de outros idosos: 41,1%.



De acordo com os resultados pré-definitivos dos Censos 2011 divulgados pelo INE, 797 851 alojamentos em Portugal são habitados exclusivamente por pessoas idosas, isto é, cerca de 20% do total de alojamentos ocupados. Este valor ascende aos 26,6% na região do Alentejo e não passa dos 12,9% na Região Autónoma dos Açores. Em Portugal 400 964 (10%) dos alojamentos estavam em 2011 ocupados por apenas um idoso, o que representa um aumento de 29% face aos valores de 2001.

  

idosos_censos 2011_ine.pdf
  Entrevistas

Conteúdos Relacionados

Portugal tem altos níveis de pobreza e privação infantil
Idosos sós em Portugal estão fortemente expostos à pobreza
Um mundo onde não se evita a morte diária de 19 mil crianças
Desigualdade de rendimento entre crianças em Portugal é das mais elevadas nos países da OCDE
14 milhões de jovens desempregados e fora do sistema de educação e formação na UE