OK 
     
ApresentaçãoEstudosBibliografiaEstatísticas e Bases de DadosIndicadoresPublicaçõesNotícias e EntrevistasNewslettersLigações
Home >  Publicações > 
Publicações


2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 |

O investimento em educação em Portugal: retornos e heterogeneidade
Nuno Alves e outros

Neste artigo é analisado o retorno económico para os diferentes níveis de educação em Portugal nas últimas três décadas. São assim abordadas as questões do investimento em educação e a sua relação com a distribuição de rendimentos, quer ao nível individual, quer relativamente aos agregados familiares.

Pourquoi il Faut Partager les Revenus. Le Seul Antidote à l'Appauvrissement Collectif
Patrick Artus e Marie-Paule Virard

A obra debruça-se sobre as consequências da crise económica e financeira no equilíbrio mundial, defendendo que se iniciou uma nova fase da globalização, com profundas alterações nas relações entre os países da OCDE e os países emergentes. Um novo modelo de redistribuição dos rendimentos e solidariedade no espaço europeu são apontadas como as soluções primordiais para evitar o "empobrecimento colectivo" nos países avançados.



"Rethinking the work class nexus: theoretical foundations for recent trends"
Will Atkinson

O autor critica as perspectivas que concebem o trabalho como a única dimensão constitutiva das classes sociais. Propõe uma aproximação ao pensamento de Pierre Bourdieu na redefinição do enquadramento analítico do conceito de classe social e destaca os seus méritos não só no plano teórico, mas também metodológico.

Culture, Class, Distinction
Tony Bennett e outros

O espaço dos estilos de vida é definido por outras variáveis que não a classe social. As práticas e gostos culturais das classes médias e superiores têm uma natureza ecléctica.  



Desigualdades Sociais 2010. Estudos e Indicadores
Renato Miguel do Carmo (org.)

Produzido no âmbito do Observatório das Desigualdades, este livro tem como objectivos coligir o trabalho aí desenvolvido, disponibilizá-lo a um público não necessariamente académico e produzir uma reflexão sobre este fenómeno. Divide-se em duas partes: a primeira remete para a análise da situação portuguesa numa perspectiva comparada; na segunda os quinze ensaios examinam esta problemática sob diferentes ângulos.

Les inégalités en France
Camille Dorival e Louis Maurin (coords.)

A publicação, em formato de revista, aborda as dimensões fulcrais das desigualdades sociais em França e propõe algumas linhas de acção para o combate a este fenómeno.



Injustice. Why Social Inequality Persists
Daniel Dorling

Desigualdades sociais favorecem o surgimento das injustiças sociais e são por elas potenciadas.

A Região Norte de Portugal: Mudanças e Continuidades na Contemporaneidade
Carlos Manuel Gonçalves (org.)

A obra analisa os processos de processos de recomposição social ocorridos na Região Norte de Portugal nos últimos 25 anos.

"From the financial crisis to the world economic crisis. The role of inequality"
Gustav Horn e outros

Este ensaio procura explicitar as condições sociais e o enquadramento institucional da actual crise financeira a partir de uma perspectiva comparada. O seu argumento central é o de que as desigualdades de rendimento e a forma como este fenómeno foi enquadrado institucional e politicamente favoreceu a actual crise financeira mundial. A análise foca-se sobretudo sobre a realidade dos Estados Unidos e da Alemanha, nomeadamente no papel sistémico diferenciado que lhes coube na produção da crise.

Sobre a pobreza, as desigualdades e a privação material em Portugal
INE

Níveis de pobreza e desigualdade têm vindo a diminuir em Portugal, apesar da forte incidência da pobreza em alguns grupos sociais e das expressivas desigualdades remuneratórias que ainda prevalecem. Instrumentos de recolha da informação estatística devem ser afinados.
1 | 2 |
  Publicações do Observatório